Zika Vírus x Dengue x Chikungunya X Obsessão

Uma das perguntas que mais nos intrigava era a correlação entre Zika Vírus X Dengue X Chikungunya X Microcefalia X Obsessão, pedimos esclarecimentos ao seu Pena Roxa referente ao tema. Pois uma vez que há intereferência no DNA e estrututra humana sabemos que há ligações trevosas envolvidas. Todos o casos acima citados se entrelaçam, vejamos:

Não é de hoje que vários bolsões astrais nas mais diversas zonas de umbral e purgatoriais vem sendo esvaziadas, com isso muitos seres que lá estavam há tempos, presos nos enxarcos umbralinos, pântanos e regiões tóxicas mentais, ganharam uma nova chance de expurgar as energias vindo para um novo recomeço, o reencarne.

Muitas reuniões astrais aconteceram entre os mais altos graus e hierarquias até que fosse permitido e organizado essas vindas, famílias foram convocadas através do desdobramento noturno, deram seus aceites e tratados, permitiram que houvesse um grande números de seres especiais voltando a recompor a roda reencarnatoria e evolutiva, reconstituindo seus corpos espirituais e físico através da gestação.

Para compreender num âmbito melhor vamos dividir os problemas e esclarece-los de formas individuais e generalizadas.

Dengue – o mosquito transmissor da dengue é originário do Egito, na África, e vem se espalhando pelas regiões tropicais e subtropicais do planeta desde o século 16, período das Grandes Navegações. Ele foi descrito cientificamente pela primeira vez em 1762, quando foi denominado Culex aegypti. O nome definitivo – Aedes aegypti – foi estabelecido em 1818, após a descrição do gênero Aedes. Relatos da Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS) mostram que a primeira epidemia de dengue no continente americano ocorreu no Peru, no início do século 19, com surtos no Caribe, Estados Unidos, Colômbia e Venezuela.

No Brasil, os primeiros relatos de dengue datam do final do século XIX, em Curitiba (PR), e do início do século XX, em Niterói (RJ).
Em 1955, o Brasil erradicou o Aedes aegypti como resultado de medidas para controle da febre amarela. No final da década de 1960, o relaxamento das medidas adotadas levou à reintrodução do vetor em território nacional. Hoje, o mosquito é encontrado em todos os Estados brasileiros.

Há inumeros sites e blogs que relatam tudo sobre a dengue, sintomas, tratamentos e prevenção, o que não se fala é o que faz com que cada vez mais pessoas sejam atraídas para o problema, li no site da Conceição Trucom (endereço no final), sobre visão holistica as possiveis causas de aproximação da doença, uma delas me chamou a atenção e condiz com os ensinamentos das entidades; Falta o despertar!

Enquanto nos emaranhamos nos mais diversos problemas e ilusões mundanas que funciona como um rede de pesca, alguns são levados e outros continuam a mercê até a próxima jogada de tarrafa.

Um grande sábio espiritual, Laffayette,  uma vez me ensinou que não devemos ser vaquinhas de presépio, não nos deixar ser manipulados. Mas seres humanos cedem aos prazeres: um amigo que chama pra uma balada, pra bebedeira, outro que oferece um tipo de entorpecente, comidas industrializadas que caem no gosto popular e mundial, etc. São tantos cuidados que devemos ter e por vezes não temos compreensão dos perigos que nos rodeiam e que nos parece ingênuos e fáceis de contornar e controlar.

No site somos todos um,  fala sobre um tópico descrito acima, os prazeres da perdição:

1. A Dengue é uma doença reflexo da sociedade junk food, que permanece e se alastra na mesma proporção que este tipo nefasto de não alimentação – indigesta e hepatotóxica – cresce e faz parte da vida de cada pessoa, família ou cidade.

Os prazeres compartilhados se tornam problemas coletivos posteriores, isso explicaria o fato de saber como fazer  prevenção física, porém vivem sem a AÇÃO, não fazem a devida prevenção, ou quando o fazem compartilham do male mental, compartilhando o crescimento e a proliferação das criações mentais. Despertai-vos!

2. Independente das ações de saneamento e prevenção dos mosquitos há que se praticar uma ALIMENTAÇÃO DESINTOXICANTE para conseguir zerar as fragilidades metabólicas já instaladas.

Claro que a alimentação conta muito para um organismo saudavel, mas quero leva-lo a uma outra reflexão sobre isso; Laffayette nos ensina que habitamos um corpo com vida, um micro-universo está dentro de nós, cheio de vermes e parasitas que reinam dentro de nós e fazem as funções do organismo girarem seu ciclo. Determinados alimentos e vícios desregulam esse orgaismo, e entre outros, algumas energias (principalmente dos industrializados e manipulados externamente) desestruturam nosso micro-universo, refletindo no organismo. Com nosso interior desequilibrado atrai-se energias condizentes e facilita a manifestação física de problemas, o mosquito nesta situação só fará a última parte, materializar fisicamente o que não está bem astral. Pensamentos coletivos, atraem males coletivos.

4. É certo que quanto mais pessoas tiverem esta consciência e olhar com relação a sua AUTOPROTEÇÃO (e família) contra a DENGUE mais rápido este mosquito perderá a força de ação e multiplicação em nossa casa, cidade, país e planeta!

Chikungunya – A febre da chicungunha ficou conhecida no Brasil a partir de 2010. Porém todas as origens vem da África pelo próprio Aedes aegypti e suas ramificações, Aedes albopictus.

Casos  como estes se revelam semelhantes as causas da dengue em um ponto de vista espiritualizado.

Zika Vírus e Microcefalia- sobre estes, cabe uma observação a uma mutação do próprio transmissor, com o tempo as doenças e os vírus se fortalecem e as medicações perdem seu efeito, sofrendo assim mutações genéticas que encadeiam outros sintomas e denominações de uma base inicial. O Zika está sendo estudado como responsável pela má formação cerebral, microcefalia, e a única resposta que obtivemos da espiritualidade foi sobre o esvaziamento dos bolsões astrais que de certa forma devido a tempo e toxidade traz sequelas dos corpos espirituais interferindo no físico como má formação. Não se compara as causas da Talidomida porém as causas espirituais são semelhates, todos que cumprem carmas deste gênero e neste tempo se deve a essa reurbanização e impulso a evolução novamente dos que se encontravam perdidos e “desenganados” astralmente. Um ponto intrigante que Sr. Pena nos deixou foi sobre a manipulação deste vírus em laboratorios, claro que compreendemos a parte dos feitos sombrios astrais, porém deu-se a entender nas últimas doutrinas a chance deste ter se desencadeado dentro de laboratórios físicos. Há muito que se estudar sobre o assunto.

O que estas doenças tem haver com a obsessão?

Meios de padrões mentais e comportamentais são as aberturas que eles encontram para interação, fixação ou meios simbióticos de trocas energéticas, fontes de alimentação, continuidade e manutenção de vícios, bem como intenções maléficas, atuação “natural” que vá interferir no sofrimento dos humanos que compartilham mesmos padrões de sintonia.

Há meios de fuga, oração, pautar pensamentos, palavras e ações, e fisicamente evitar agua parada e locais de possiveis criadouros do mosquito. Fique atento!!!

Por que é permitido que essas doenças se proliferem?

Primeiro que algumas reações condizem como oportunidades de crescimento para alguns espíritos, como vimos os que estão saindo dos bolsões.

Segundo que o próprio ser humano em suas íntimas pertubações mentais colaboram com a vibração mental de inúmeros seres astrais em sofrimento, e quanto maior a vibração mais fina acaba por ficar as camadas de proteção astrais, isso decorre pela propria abertura humano atraves do livre arbitrio. É tempo de despertar! Ano de Oxalá está chegando, após a limpa de Ogum em 2015, muita calmaria virá, porém a lei da continuidade também estará em constancia, trazendo as reações de seus próprios erros.

Uma comparação possivel a se fazer desta camada de proteção,  é como a camada de ozônio que a cada pertubação ambiental e degradação da mesma reflete com a abertura da camada permitindo que os raios solares intensifiquem na crosta.  rompimento do processo energético de proteção gera contaminação coletiva mental e física, decorrendo nos sintomas mais crueis, sentidos na própria pele.

Por que os casos ocorrem em demasia com famílias de baixo poder aquisitivo?

Pais aceitam as crianças em um acordo astral. Classes “elevadas” no poder aquisitivo não quer dizer que estejam imunes, poder aquisitivo não é poder espiritual, porém há um despertar e consciência maior devido a méritos passados que os colocaram no patamar que estão, assim muitas vezes não se afetam. Há meios culturais que despertam a consciencia astral, porém há em menor número, principalmente hoje entre os jovens, seres que se perdem em suas missões e carmas, aumentando o problema e se entregando as drogas, bebidas alcoolicas e festas sem finalidade evolutiva. Cuidai de vossas crianças, elas são nosso futuro!

 Fontes de pesquisa:

http://www.ioc.fiocruz.br/dengue/textos/longatraje.html
http://www.minhavida.com.br/saude/temas/dengue
http://somostodosum.ig.com.br/clube/artigos.asp?id=34365
http://www.minhavida.com.br/saude/temas/febre-chikungunya

Anúncios

3 opiniões sobre “Zika Vírus x Dengue x Chikungunya X Obsessão”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s