ENERGIA POSITIVA

Esta energia equilibra tudo o que for amálgama energético, tornando-o estável na sua forma e aparência. Ela é um desdobramento da energia universal, para o plano das condensações energéticas (substâncias). Ela é positiva, por ser mais um dos muitos desdobramentos do polo positivo da energia divina, que é sustentadora daquilo que é tangível aos nossos sentidos. Qualquer substância a possui, até mesmo a menor partícula que nos seja possível examinar. Nós a identificamos com o núcleo positivo dos átomos, ou mesmo com a energia dos elétrons, que é atraída pelo núcleo atômico, enquanto sua parte negativa os quer afastar dessa atração energética. Isso no micro, porque, no macro, ela se identifica com a energia que mantém todos os corpos celestes estáveis em suas órbitas, em função de uma força maior que os atrai e repele, ao mesmo tempo. A definição correta de energia positiva é: “Energia positiva é aquela que estabiliza tudo o que for resultante de um amálgama energético”.
Ela existe no micro, e no macro cosmo. Sem ela, nenhum amálgama pode estabilizar-se e assumir uma forma tangível, ou mesmo palpável, porque a sua qualidade positiva é que torna o amálgama manipulável. O mesmo não ocorre com uma energia negativa, que é intangível, e fulminante para quem ousar tocá-la. Podemos citar como exemplo os minérios, ou os gases tóxicos. Num minério radioativo, a energia negativa está latente. A exposição às suas radiações pode causar danos graves à saúde e à formação humana, uma vez que ela provoca alterações genéticas fantásticas. Por outro lado, a energia positiva é estável, e nada altera à sua volta, depois de equilibrada com o peso e a densidade de uma substância. Num nível mais sutil, ela é o halo que envolve a todos nós, ou mesmo a uma pedra, aparentemente inerte. Nós a identificamos com a Razão, uma das sete virtudes humanas, ou dons originais e ancestrais.

Também a identificamos com o Equilíbrio, ou a Lei: somente a lei pode dar forma estável a uma sociedade, e também ao Universo. Se analisarmos um composto energético de natureza química, lá estará ela criando um halo6, que mantém tal composição tangível e visível aos nossos sentidos. Se a transpusermos para um ser humano, ele será identificado como um ser inundado por esta energia e, em consequência, será classificado como positivo. Os seres negativos são totalmente desarmônicos nas suas ações, e costumam causar grandes danos à sua volta.
Portanto, se por acaso uma condensação energética (ser humano) negativa vier a se chocar com outra negativa, elas acabarão se aniquilando, porque uma não equilibrará a outra, e ambas se repelirão, uma vez que duas energias iguais se anulam, e deixam de ser individuais. Devido aos níveis vibratórios serem iguais, tornam-se uma condensação energética negativa totalmente viciada. Se transpusermos este mesmo exemplo para seres positivos, teremos dois seres totalmente inertes, pois lhes faltará a perfeita combinação energética que dá origem à vida. Logo, chegamos à conclusão de que, tanto no macro, quanto no micro, positivo significa estabilidade, e negativo, ação. Então sejamos energias positivas no caráter (forma), e negativas nas ações (movimentos). Somente assim o mundo evoluirá de forma equilibrada. A água e a terra são substâncias que se mantêm estáveis em função de serem imantadas por este halo positivo, e de serem derivadas da energia universal, que é o polo positivo da energia divina.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s