ENERGIA GERADORA (REPRODUTORA)

A energia geradora é de difícil abordagem, por estar mais próxima da reprodução que qualquer outra. Porém, vamos procurar dar uma ideia aproximada de como ela se nos apresenta. A geração de qualquer substância precisa estar de acordo com o equilíbrio entre as vibrações positivas e negativas, senão ela não se forma, dando origem a outra condensação energética.
Screenshot_1

A mulher é um ser gerador por excelência e, por correspondência vibratória, a Água e a Terra também o são. Logo, vemos que a energia geradora é de origem universal, pois é perene. O óvulo não vai ao encontro do sêmen masculino.
É este quem o procura, porque é atraído pela energia geradora que se forma no aparelho reprodutor feminino, num certo período de tempo. O sêmen que melhor se sair, chegará a ele primeiro, e dará início à formação de uma nova condensação energética, que será sustentada pela energia geradora, até que alcance uma fase de pleno desenvolvimento energético.
O mesmo ocorre com uma semente lançada no interior de um sulco aberto na terra, ou no meio da água. Ela será sustentada pela energia geradora até que tenha desenvolvido sua própria capacidade de captar energias, que lhe permitirão um crescimento de acordo com sua programação genética.
Uma mulher em perfeito equilíbrio vibratório tem, no período em que se desenvolve o fenômeno da reprodução, um padrão vibratório estável, porque a energia geradora estende-se por todo o seu corpo físico. Já aquelas que não estão em perfeito equilíbrio vibratório (emocional) terão na gravidez, um meio de descarregar o acúmulo de energias negativas, o que fatalmente influirá na formação de seu filho. Este desequilíbrio, que lhe foi passado durante a gestação, se refletirá por todo o tempo que ele estiver na carne. Ou ele será suscetível às mais variadas doenças no corpo físico, ou seu emocional será por demais sensível às mudanças do padrão vibratório à sua volta.
Veja que, se um ser é aquilo que o gerou (energia geradora), também é quem o gerou (a mãe em desequilíbrio vibratório causado pelo acúmulo de energias negativas).
Teremos então, um ser (positivo) com forte influência (capacidade de recepção) de energias negativas, pois seus pontos de força captaram muitas vibrações energéticas negativas, enquanto se desenvolvia no útero materno.
O mesmo acontecerá à planta que germinar num solo com acúmulo de energias negativas. (Falta de compostos nutrientes, muito vento, muita chuva, muito sol, salinidade, etc.): ela será raquítica, e terá outros problemas que indicarão ter germinado num solo viciado por energias negativas.
A energia geradora está presente no planeta como uma condensação energética pois todo ele é fecundo e reprodutor. Sobre a crosta, o meio ambiente é rico em muitas formas de vida, e uma infinidade de espécies. Portanto, a energia geradora é muito importante, uma vez que é sob sua influência que a vida tem meios de se tornar a maior riqueza do planeta.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s