Arquivo da tag: triplo x

ENERGIAS VICIADAS

Esta energia é a mais vivenciada, praticada e compartilhada no mundo.

Quando nossos defeitos vêm aflora, quando nos perdemos e no impulso sem consciência nossos atos dão um ato sombrio a nossa personalidade.

Todo ser humano vive a energia viciada e vicia as demais energias que interagem com seu organismo. Como o próprio nome diz, trata de todos os vícios que alimentamos, sejam psicológicos ou físicos.

Vamos primeiramente abordar o tema vícios, depois vamos falar da energia viciada em si por Saraceni.

Tem muita gente viciada que não se deu conta, isso mesmo, acha que controla suas ações, porém todos os dias praticando os mesmos atos, se torna vicio. Quando falamos de energia viciada, basta cometer os mesmos atos por 7 dias, pronto, o cérebro registra. Mas para reverter esta programação, e tornar essa energia viciada em virtuosa o mínimo de repetição são 21 dias.

Tratamos por vício, o uso contínuo de eletrônicos e seus meios de informação (celulares, televisores, computadores, tablets, etc.), alimentação e bebidas (fast-food, álcool, etc.), Jogos (cartas, caça níquel, futebol, videogames, etc.), pornografia (de todas as formas), o fanatismo (religioso e político) e os próprios entorpecentes.. Todos estes vícios utilizam o meio de fuga mental e caem na malha energética sutil e grudenta chamada triplo x. A fuga sempre parte da própria pessoa, com o passar do tempo, o vício se instala na sua programação mental e a partir daí inicia o processo de obsessão complexa junto ao programa obsessivo chamado fascinação, que inverte os valores de forma sutil, sem que o individuo perceba que está confinado no vício.

Saraceni descreve esta energia da seguinte forma:

 Energias viciadas são opostas às energias virtuosas.

Resultado de imagem para virtudePortanto, se falamos nas energias luminosas, não podemos deixar de abordar suas opostas, ou sem cor. Uma energia viciada nada mais é que a vivência de um princípio viciado. Eles são sete na origem, e milhares no meio. Eis alguns: Ódio, Inveja, Soberba, Ambição, Paixão, etc.

Pois bem, quando despertamos tais princípios (sentidos) em nosso todo espiritual, o oitavo canal, aquele da corrente contínua de energia cósmica, nos energiza até a máxima capacidade de absorção que tivermos. Se não dermos vazão a esse acúmulo, somente conseguiremos neutralizá-lo com o aumento de absorção de energias virtuosas. Como a vasão se processa de forma negativa (dor, tristeza, lamentos, mágoas, etc.), recomendamos sua neutralização, pois assim os desejos se transformarão em vontades.

screenshot_9

As vontades são as alavancas que impulsionam o homem para a frente, e para cima. Um ser humano, quando desperta em seu emocional as vibrações de um princípio viciado, coloca-se em desarmonia total, e passa a acumular mais e mais energias negativas, que o lançarão no desequilíbrio extremo. Um ser que desequilibra seu racional devido à insistência em vivenciar os tais princípios viciados, e não quer voltar à razão (energia virtuosa), irá descer no padrão vibratório, até chegar a um ponto onde vibrará em seu todo espiritual somente a dor, a energia negativa que nos chega através do canal de absorção de energia cósmica, mais baixa e difícil de ser suportada.

screenshot_8

Notem que, o canal de absorção dessa energia entra no topo da cabeça, e sai pelo ponto de força localizado nos órgãos sexuais. Logo, se um princípio viciado não for ativado, ela não se acumulará no emocional, que capta apenas as energias do princípio que estiver vibrando. Essas energias entrarão, nos energizarão, e sairão sem causar dano algum. Mas, caso somente um princípio viciado esteja vibrando no emocionai, a energia que preenche o seu padrão irá inundar e viciar por inteiro o indivíduo, ativando as energias humanas e físicas, até um ponto em que elas se esgotem por completo na vivência do princípio alimentado pelas energias viciadas.

Observem com atenção este detalhe de suma importância: o ser humano incorpora ao seu todo espiritual, energia humana (carnal) e energia física (elemental), Caso um princípio viciado se instale em seu emocional durante sua passagem pela carne, ele irá vibrá-lo até que se esgote, até que toda energia humana e toda energia física sejam neutralizadas pelas energias virtuosas. Somente assim ele deixará de pulsar, tanto na carne quanto em espírito, aquele padrão energético viciado.

Pois bem, é isto! As energias viciadas não existem, assim como não subsistem, por si só. Para que isso aconteça, o emocional deve estar vibrando um, ou vários princípios viciados. Se isso não ocorrer, elas sairão tão silenciosamente quanto entraram em nosso todo físico e espiritual.

Apenas com estas explicações, poderíamos colocar por terra todas as absurdas teorias criadas a respeito de Deus (Luz) e do Diabo (Trevas): se Deus é a Virtude (energias virtuosas), e o Diabo é o Vício (energias viciadas), fica claro que ambos se instalam em nós apenas se vivenciarmos, ou princípios virtuosos, ou princípios viciados. Assim, teríamos apenas dois fios (canais) a nos energizar, sem maiores danos: o prateado (energia universal) e o escuro (energia cósmica), que chegam ao topo de nossas cabeças, e dali irradiam-se pelos nossos corpos carnal e espiritual.

Mas, como não é possível libertar as coisas religiosas dos princípios viciados que em todas as religiões existem, dizemos o seguinte: É muito mais agradável aos olhos de Deus, o ser humano que não é religioso, mas é virtuoso, que o ser humano que é religioso, mas é viciado.

Referência Bibliográfica

Saraceni, Rubens. O livro das energias. 1 Ed. São Paulo. New Transcedentalis. 1993